24 horas

Educação/Pedagogia

Síndrome de Down: Curso III

Para estudarmos e compreendermos a Síndrome de Down, precisamos ter um prévio conhecimento sobre a genética.  A síndrome de Down é um defeito congênito, ou seja, o indivíduo já nasce com ela.

Este curso aborda uma série de aspectos referentes a Síndrome de Down e os indivíduos que dispõem dessa característica, especialmente dos aspectos clínicos, sociais e educacionais.

MAIS DETALHES

16 horas

Educação/Pedagogia

Síndrome de Down: Curso II

Para estudarmos e compreendermos a Síndrome de Down, precisamos ter um prévio conhecimento sobre a genética.  A síndrome de Down é um defeito congênito, ou seja, o indivíduo já nasce com ela.

Este curso aborda uma série de aspectos referentes a Síndrome de Down e os indivíduos que dispõem dessa característica, especialmente dos aspectos clínicos, sociais e educacionais.

MAIS DETALHES

08 horas

Educação/Pedagogia

Síndrome de Down: Curso I

Para estudarmos e compreendermos a síndrome de Down, precisamos ter um prévio conhecimento sobre a genética.

Termos como DNA, heredograma, cromossomos, herança genética, fenótipo, genótipo e cariótipo serão apresentados para que os aspectos da síndrome se tornem mais claros.

MAIS DETALHES

08 horas

Educação/Pedagogia

O Aluno Disléxico na Educação Especial

Os Transtornos Específicos de Aprendizagem relacionam-se às disfunções do desenvolvimento neurocognitivo envolvidas no ato de aprender (BUTTERWORTH; KOVAS, 2013); diferem da dificuldade de aprendizagem, que é extrínseca ao indivíduo e decorrente de falhas pedagógicas e/ou fatores socioculturais, e demandam tratamento especializado para suas manifestações. As mais comuns são: a dislexia, a discalculia e a disgrafia, que podem ocorrer isoladamente ou combinadas entre si e devem ser cuidadosamente investigadas. Ciasca (2003) os caracterizou como condições intrínsecas ao indivíduo que podem, eventualmente, ocorrer em comorbidade com outros transtornos mentais e do comportamento que surgem na infância e adolescência (CID-10/OMS, 1993).

A World Federation of Neurology, em 1968, identificou a dislexia do desenvolvimento como sendo uma desordem da leitura que ocorre na presença de inteligência média, instrução escolar adequada e oportunidades socioculturais suficientes (CRITCHLEY, 1970). Tal definição foi criticada por alguns autores por definir principalmente o que a dislexia não é, isto é, definindo-a por exclusão e com a falta de critérios de inclusão (RUTTER, 1982).

Este curso tem por objetivo apresentar os principais aspectos propostos pelo Ministério da Educação, no que diz respeito à inclusão, oportunizando uma reflexão sobre o espaço ocupado pelos transtornos da aprendizagem, mais especificamente o aluno com dislexia, na atual legislação.

MAIS DETALHES

04 horas

Educação/Pedagogia

Alfabetização: Erros Ortográficos mais Comuns

A alfabetização é um processo complexo que demanda o domínio de várias habilidades. Para a aquisição da escrita em sistema alfabético é necessária a compreensão da relação letra-som e a apropriação de regras ortográficas.

O erro de grafia diminui progressivamente durante os anos escolares. O estudo que embasou este curso, teve como objetivo caracterizar a tipologia de erros ortográficos no processo de alfabetização. Participaram 48 professores do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental I de duas escolas públicas, que apontaram os erros mais frequentes observados em seus alunos.

Este curso visa ampliar o conhecimento dos interessados na temática alfabetização, especialmente, com relação ao erros que ocorrem mais comumente.

MAIS DETALHES

08 horas

Educação/Pedagogia

Política Educacional Inclusiva no Brasil

O sistema educacional brasileiro tem se esforçado na tentativa de implementar políticas públicas eficazes no que diz respeito a garantia de acesso e atendimento dos alunos público alvo da educação especial. Porém, inserir esse aluno na sala de aula regular não significa incluí-lo e não assegura seus direitos de igualdade educacional.

Este curso, fruto de estudos na área, tem como objetivo apresentar os principais aspectos propostos pelo Ministério da Educação oportunizando uma reflexão crítica sobre o atual panorama nacional da educação inclusiva na Brasil.

MAIS DETALHES